[Chamada de Trabalhos] Encontro de Pesquisa em Comunicação na Amazônia 2017

Os trabalhos poderão ser enviados em duas modalidades: artigo para mestrandos, mestres, doutorandos e doutores; e pôster para graduados e alunos de graduação.

No último dia 28 de agosto, iniciou o período de submissão de trabalhos para a edição de 2017 do Encontro de Pesquisa em Comunicação na Amazônia (EPCA). O evento é uma iniciativa dos discentes do PPGCOM/UFPA e PPGCLC/UNAMA cujo intuito é congregar professores, estudantes e interessados pela produção acadêmica sobre o tema.

A primeira edição será realizada entre 22 e 24 de novembro deste ano, na Universidade Federal do Pará (UFPA) e os trabalhos poderão ser enviados em duas modalidades:

  • Artigo: para mestrandos, mestres, doutorandos e doutores; e
  • Pôster: para graduados e alunos de graduação.

As propostas devem ser enviadas até o dia 29 de setembro para um dos nove Grupos de Trabalho (GTs) que compõem a programação do Encontro deste ano. São estes:

  • GT 01: Comunicação e Consumo;
  • GT 02: Comunicação, Contra-Hegemonia e Cidadania;
  • GT 03: Comunicação e Espetáculos Culturais Contemporâneos;
  • GT 04: Comunicação e Etnografia;
  • GT 05: Comunicação e Experiência Estética;
  • GT 06: Comunicação e Política;
  • GT 07: Estudos de Audiovisual e Fotografia;
  • GT 08: Memória nas Culturas Midiáticas;
  • GT 09: Narrativas, Comunicabilidade e Mediações Linguageiras.

Modelos do trabalho que deve ser submetido aos GTs:

Os arquivos devem ser enviados para o email epca.17@gmail.com com o título informando o número do GT e os sobrenomes dos autores: Ex.: GT02_SOUZA_SILVA

Para mais informações, leia a chamada pública completa ou acesse a fanpage no Facebook.

Você já pode votar na 3ª edição do Professor IMPRENSA

Uma homenagem aos professores e projetos inspiradores do curso de comunicação.

Nenhuma pergunta é mais deselegante para ser feita para um professor do que a velha e batida “tu trabalhas ou só dás aula?”, como se a docência fosse um “bico” ou algo para ganhar uns trocados. Professores são pessoas que vivem diariamente o desafio de inspirar e educar, o que é bem diferente de apenas ensinar.

Eu sou professor e aprendo todo dia algo novo com meus alunos. Cheguei nesta profissão porque tive muitos mestres que me inspiraram e ainda me inspiram. A propósito, estou usando o termo mestre não no sentido acadêmico, porque alguns eram doutores e outros nem educação formal tinham.

Daí porque acho muito interessante essa iniciativa do Portal e da Revista Imprensa em homenagear os professores e projetos em Comunicação que mais se destacaram no Brasil inteiro com a 3ª edição do Professor IMPRENSA. É um reconhecimento simbólico e um estímulo para tanta gente que cumpre com bastante dedicação este nobre ofício.

Pense naquele professor ou naquela professora que fazem valer muito a pena seguir adiante no curso e relembre aquele evento que a sua faculdade promove e merece um reconhecimento nacional. Para indicar é só acessar o hotsite do Professor IMPRENSA ou clicar nas categorias abaixo:

A intenção desta postagem é DESCARADAMENTE pedir votos aos ótimos professores e projetos da Estácio FAP (que podem ser vistos no bonito site da Agência Carbono). Tem muita gente TOTALMENTE EXCELENTE e acho que ainda não estou no patamar dessa galera aí. Portanto, não é preciso votar em mim, mas se quiser pode.

E-book: Sociedade, Campo Social e Espaço Público

O primeiro artigo publicado em um livro a gente nunca esquece e este marca minha modesta estreia editorial. É apenas um capítulo adaptado do que apresentei no Intercom 2014, em Foz do Iguaçu-PR.

“As estratégias de comunicação da série Amazônia Pública” é resultante de trabalho da disciplina da professora Luciana Miranda, que fiz no PPGCOM/UFPA sobre a Pública – Agência de Reportagem e Jornalismo Investigativo, meu objeto de pesquisa.

O livro é organizado pela minha orientadora Edna Castro e pelo coordenador do Programa de Pós Graduação Sílvio Figueiredo e tem uma penca de outros ótimos artigos de colegas mestrandos e doutorandos, além de professores do NAEA e do PPGCOM. Vale a pena conferir. O link para baixar está no fim da postagem.

Sociedade, Campo Social e Espaço PúblicoTítulo: Sociedade, Campo Social e Espaço Público
Autor(es): Edna Maria Ramos de Castro, Silvio José de Lima Figueiredo.
Editora: NAEA
Ano: 2014
Resumo: A relação entre sociedade e natureza, na perspectiva ocidental, sempre foi a de retirar da última recursos com potencial de transformação para obtenção de bens através do trabalho. Vê a natureza como fonte inesgotável de recursos. E, pela organização da atividade econômica e do trabalho, a natureza é processada para gerar utilidades, ou bens (materiais e imateriais) importantes pelo seu uso (valor de uso) e valor no mercado (valor de troca). Ao longo do desenvolvimento capitalista, cada vez mais bens com valor de uso passam a ter também um valor de troca. O avanço da economia foi também possível devido à intensificação do desenvolvimento tecnológico considerado como instrumento para aumentar a eficiência dos processos produtivos. Repousa em um sistema de crenças – sobre o desenvolvimento, sobre a eficácia da ciência e da técnica – organizadas sob uma lógica relacionada à expansão de capitais, ao sistema de mercado e da economia globalizada. Sociedade, Campo Social e Espaço Público reúne trabalhos de pesquisa elaborados numa perspectiva interdisciplinar com contribuições teóricas e metodologias trazidas por disciplinas da grande área de humanidades, realizadas por professores e discentes do Programa de pós-graduado em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido do Instituto de Altos Estudos Amazônicos, inaugurando-se com ele a Série Desenvolvimento e Sustentabilidade.

Baixar E-book Sociedade, Campo Social e Espaço Público.

Baixar no link alternativo para download.