A Casa de Pequenos Cubinhos

Vídeo venceu o prêmio de melhor curta de animação do Oscar 2009.

Vi este vídeo pela primeira vez no Animamundi de 2008 e me impressionei pela sensibilidade com que mostra um senhor idoso e solitário fazendo uma viagem metafórica por suas memórias. Foi eleito o Melhor Curta de Animação do Festival de Annecy 2008, Melhor Roteiro no AnimaMundi 2008 e Melhor Curta de Animação do Oscar 2009. Passei anos procurando no youtube e em 2013 encontrei no YouTube.

A história mostra uma cidade em que as águas pouco a pouco vão elevando seu nível – uma crítica ao aquecimento global – e os moradores precisam construir novas casas em cima das anteriores. E a cada nova casa construída é um momento da vida repleto de lembranças que fica submerso e às vezes precisamos revisitar.

Eleito o nome internacional do curta em francês, conta a história – sem diálogos – de um senhor com idade já avançada que mora em uma cidade ao nível do mar. Com o passar do tempo, o nível da água vai subindo, e, desta maneira, o idoso tem que erguer ainda mais sua casa, que é levantada tijolo por tijolo. Kunio Kato consegue apresentar em singelos 12 minutos o que diretores populares nunca conseguiram em todas suas carreiras. O pouco tempo é marcante e de quebra dá um panorama lúcido e atual do aquecimento global – que com o derretimento das calotas polares vem engolindo aos poucos algumas ilhas do sudeste asiático e do resto do mundo.

SINOPSE: É a estória de um solitário idoso que para fugir de uma inundação, vai adicionando andares sobre sua antiga casa que está submersa. Também submerso, está suas memórias e os momentos felizes que passou ao lado da família. Com uma roupa de mergulho, ele revisita o passado, empreendendo uma viagem sentimental e penosa ao seu passado.

Direção e roteiro: Kunio Katô.

Autor: Pedrox

Jornalista. Mestre em Planejamento do Desenvolvimento (NAEA/UFPA). Bacharel em Direito e em Comunicação Social/Jornalismo. Professor do curso de Jornalismo e Publicidade & Propaganda na Estácio FAP.

Escreva um comentário